Parcerias:

(38) 2101-9494
(38) 98407-1291

Egressa Funorte é cirurgiã dentista referência em Várzea da Palma


Natural da cidade de Várzea da Palma, Bárbara Cristina Magalhães dos Santos, de 26 anos, graduou-se no curso de Odontologia pelas Faculdades Integradas do Norte de Minas – Funorte – no ano de 2017. A egressa atualmente está especializando-se em Gestão em Saúde Pública com Ênfase em Saúde da Família e atua como cirurgiã dentista na Equipe de Saúde da Família, além disso, participa da coordenação da Odontologia juntamente com mais dois dentistas do município.

A dentista conta, em entrevista, sobre sua escolha no curso de Odontologia da Funorte e compartilha suas experiências durante a trajetória acadêmica e profissional. “Escolhi o curso de graduação em Odontologia devido à grade curricular que me chamou a atenção e pela qualidade do corpo docente da instituição”.

De acordo com Bárbara, o curso de graduação em Odontologia foi essencial para o alcance do seu sucesso profissional. “O curso foi fundamental para conseguir o meu emprego no serviço público municipal em Várzea da Palma, onde realizei o estágio extracurricular na Atenção Primária a Saúde, atuando como estagiária de Odontologia. Após a formatura, fui convidada para trabalhar no município. Atuo hoje na parte da gestão de Odontologia e Desenvolvimento de Projetos na cidade de Várzea da Palma. Tive várias disciplinas na faculdade de Gestão em Saúde Pública e Atenção Primária que me capacitaram para atuar no serviço público e também particular. Através do meu trabalho sou reconhecida como cirurgiã dentista referência no município”.

A egressa recorda alguns dos momentos vividos durante seu período acadêmico. “Sem dúvida, as melhores lembranças são dos professores que sempre me apoiaram e me incentivaram a ser a profissional que sou hoje, dos conselhos, das trocas de experiências e conhecimentos. A cumplicidade e companheirismo dos colegas também deixa saudade”.

Bárbara fala sobre as contribuições que o dentista tem dado à população durante o enfrentamento da pandemia da Covid-19. “No serviço público, o dentista tem atuado nos casos de urgência e emergência e contribuindo nos serviços administrativos da atenção Primária a Saúde. Os atendimentos acontecem mediante agendamentos, com espaçamento de, no mínimo, 30 minutos a cada paciente. Indispensável o uso de EPIs, como jalecos, impermeáveis e descartáveis, uso de gorro, óculos de proteção, máscaras cirúrgicas ou n95, face shield. Tudo isso para garantir a nossa proteção e prestar serviço de qualidade e segurança para o paciente”, frisa.

A profissional afirma que atualmente, o mercado de trabalho para os odontólogos é bastante competitivo e possui diversos desafios. “Acredito que devido ao mercado exigir profissionais altamente capacitados, o mesmo tem ficado extremamente competitivo, em que o profissional deve buscar aperfeiçoar-se cada dia mais para conseguir destacar-se aos demais e ofertar saúde e não tratamento.”

Para que seja possível alcançar o tão almejado sucesso na carreira, a dentista deixa conselhos importantes para os futuros colegas de profissão. “O acadêmico deve buscar conhecer a teoria e prática proposta na grade curricular. Não ficar focado em estudar somente o que o professor irá pedir em um exame de prova, é necessário sempre ir além e aperfeiçoar-se sempre que possível nas disciplinas teóricas e práticas que mais tem dificuldade. Entender que irá formar um cirurgião-dentista, mas, primeiramente é um profissional que cuida de pessoas e não somente de dentes”, destaca.

Bárbara, apesar de já sentir-se feliz e realizada com a profissão escolhida, tem ainda mais expectativas para o futuro. “Entre os inúmeros planos profissionais, estão, primeiramente entrar para a carreira docente e logo ademais iniciar mestrado e depois doutorado”. 




24/09/2020